Melhor Meditação - O Programa Meditação Transcendental Contate-nos | Onde aprender

cardiovascular disease Gary P. Kaplan, M.D., Ph.D.

Gary P. Kaplan, médico, Ph.D., é neurologista e professor associado da clínica neurológica da Escola de Medicina da Universidade de Nova York. Também recebeu o Albert H. Douglas Award da Sociedade Médica do Estado de Nova York, EUA por realizações eméritas como professor de clínica interessado em promover e melhorar a educação médica de médicos.

César Molina, M.D., F.A.C.C.

César Molina, médico, F.A.C.C., é Diretor Médico do Centro do Coração do Sul da Ásia no Hospital El Camino em Mountain View, Califórnia, EUA. Graduou-se pela Escola da Medicina da Universidade de Yale e é membro do Colégio Americano de Cardiologia. Dr. Molina apareceu recentemente na edição internacional da CNN discutindo sobre os benefícios da dieta e exercícios no tratamento e prevenção da doença coronariana

Robert Schneider, M.D., F.A.C.C., F.A.B.M.R.

Robert Schneider, médico, F.A.C.C., F.A.B.M.R.,foi premiado com mais de US$20 milhões em bolsas para pesquisa pelo National Institutes of Health (NIH), dos Estados Unidos, por sua pesquisa pioneira sobre abordagens naturais às doenças do coração. Dr. Schneider é autor de Total Heart Health e 100 artigos de pesquisa médica, e foi mencionado em mais de 1.000 reportagens, incluindo CNN Headline News, The New York Times e Time magazine.

James Krag, M.D.

James Krag, médico, é membro da Associação Americana de Psiquiatria, presidente da Sociedade de Psiquiatria de Virgínia e ex-presidente da Associação da Virgínia de Psiquiatras da Comunidade por quatro anos. É atualmente diretor-médico do Liberty Point, um programa de tratamento residencial para adolescentes com problemas psiquiátricos.

Aqui os Drs. Kaplan, Molina, Schneider e Krag
respondem sobre doença cardiovascular.

P: Uma vez que o resultado da pressão arterial alta após muitos anos é endurecer as artérias (arterosclerose), levando a complicações de derrame e ataque do coração, há evidências que a técnica da Meditação Transcendental possa reduzir a arterosclerose?

Dr. Kaplan: Um estudo revelador publicado no periódico Stroke mostrou que o espessamento da parede da artéria carótida, um sinal alarmante para endurecimento das artérias, é reduzido com a prática regular da técnica da Meditação Transcendental.
Pesquisa Científica Relacionada

P: Como a técnica da Meditação Transcendental pode afetar os fatores de risco físicos para a arterosclerose tais como pressão arterial, níveis de colesterol e resistência à insulina?

Dr. Molina: A técnica da Meditação Transcendental, apesar de ser uma técnica mental, causa o surgimento de um estado único neuropsicofisiológico. Estas mudanças na fisiologia levam a uma queda no colesterol e na pressão arterial. Quando você abaixa sua pressão arterial e seu colesterol, você diminui seu risco de aterosclerose. Estudos mostraram que pacientes com doença coronariana que praticam a técnica da Meditação Transcendental têm menos angina. Em um teste de esforço os sujeitos praticando a técnica da Meditação Transcendental também demonstraram uma maior capacidade de se exercitar, associado com diminuição de isquemia, ou insuficiência arterial coronariana.

Também é importante reconhecer que a pressão arterial alta, diabetes e uso de tabaco são os três mais importantes fatores de risco para doença cardíaca. Ao mesmo tempo, a pressão arterial alta é o mais importante fator de risco para derrame. Tem sido demonstrado que a técnica da Meditação Transcendental diminui tanto a pressão arterial sistólica quanto diastólica, mas ela diminui particularmente a pressão arterial sistólica, que está mais relacionada ao aumento de risco de derrame. Esta é também a que não é bem tratada pela atual terapia farmacológica para pressão arterial alta.

A técnica da Meditação Transcendental também reduz a resistência à insulina, que é considerada como um fator de risco muito importante para diabetes, hipertensão e doença coronariana.

Dr. Schneider: É verdade que a aterosclerose é causada por uma variedade de fatores de risco, tais como pressão arterial alta, fumo, colesterol alto, síndrome metabólica ou resistência à insulina. Além disso, há desequilíbrios bioquímicos implícitos por causa de radicais livres ou estresse oxidante. A pesquisa tem mostrado que o estresse crônico contribui para o desenvolvimento e progressão da aterosclerose diretamente e indiretamente ao aumentar todos os outros fatores de risco para doenças do coração. Os efeitos do estresse crônico são mediados pelos hormônios do estresse como o cortisol e pelo sistema nervoso simpático, que secreta adrenalina e noradrenalina.

Pesquisa sobre o programa de Meditação Transcendental mostra que este programa regula a maioria dos fatores de risco para aterosclerose [doença cardíaca] – estresse psicológico, pressão arterial alta, fumo, colesterol, lipídios oxidados e resistência à insulina. No nível de neurohormônios há reduções nos hormônios do estresse e nos distúrbios do sistema nervoso simpático. As mudanças neuroendócrinas e cardiovasculares parecem ser o resultado de maior ordenação e equilíbrio no sistema nervoso central.

Além da redução nos fatores de risco cardiovascular, a pesquisa tem mostrado reduções no estreitamento das artérias (regressão da aterosclerose), redução na hipertrofia do coração (hipertrofia ventricular esquerda), e reduções na mortalidade por doença do coração e outras causas. Assim, esta é uma sequência bem estabelecida de eventos onde transcender por meio da técnica da Meditação Transcendental leva a uma maior saúde do coração.
Pesquisa Científica Relacionada

P: Eu pensava que o endurecimento das artérias fosse causada primariamente por fatores genéticos e diesta. Como é então que a prática da MT pode reduzir a arterosclerose?

Dr. Krag: Você está certo quando diz que fatores genéticos são muito importantes, mas é um fato médico que a maioria das pessoas não está vivendo tanto quanto os genes poderiam potencialmente permitir. Ao contrário, elas estão morrendo muitos anos antes. Os alimentos que você come são importantes, mas igualmente importante é como seu corpo metaboliza este alimento.

Como exemplo, imagine uma refeição que seja perfeitamente saudável. Um dia você se senta para comer quando está calmo e feliz, e está cercado de seus adorados familiares e amigos. Outro dia você come exatamente o mesmo alimento, mas você está cansado, preocupado, com raiva e cercado por discórdia. No que diz respeito a seu corpo, não é a mesma refeição e será metabolizada diferentemente. Claramente, a dieta somente não é a chave. A técnica da Meditação Transcendental produz um estado de calma que nós carregamos conosco. Então, nós não apenas metabolizamos melhor o alimento, nós também “metabolizamos” melhor tudo que entra nos sentidos.

P: Eu não preciso alterar minha dieta para ter alguma melhora?

Dr. Schneider: Não, a pesquisa mostrou que pessoas que praticaram a técnica da Meditação Transcendental experimentaram uma redução nos fatores de risco coronarianos sem nenhuma mudança na dieta ou estilo de vida. É claro, é sempre melhor escolher alimentos saudáveis para melhorar a saúde e a longevidade.

Dr. Molina: Não, não há necessidades dietéticas para praticar a técnica da Meditação Transcendental. Mudar sua dieta não é um requerimento para praticar o programa de Meditação Transcendental, nem um requerimento para obter os benefícios relatados nos estudos. No entanto, é sempre sábio para os pacientes ter refeições regulares, comer alimentos saudáveis e recém preparados, especialmente frutas frescas, vegetais, nozes, e grãos integrais.
Pesquisa Científica Relacionada

P: Você recomenda a técnica da Meditação Transcendental para ajudar a reduzir os fatores de risco de ataque do coração e derrame?

Dr. Molina: Na verdade, recomendo a técnica da Meditação Transcendental para todos, pois você não precisa estar doente para meditar.

Foram feitos estudos mostrando que a técnica da Meditação Transcendental aumenta a longevidade e diminui as mortes por problemas cardiovasculares, comparando-se com grupos de controle que não fizeram nada, ou receberam cuidado médico regular, ou ainda praticaram outras técnicas de relaxamento. Além disso, a técnica da MT reduz os fatores de risco para doenças cardíacas e derrame.

A técnica da Meditação Transcendental é uma técnica muito simples, e quando praticada regularmente, é associada com uma diminuição da pressão arterial e melhoria na integração neurofisiológica e endócrina; portanto, é um processo no qual você pode diminuir a pressão arterial alta, diminuir a aterosclerose e, ao mesmo tempo, se tornar mais desperto, alerta, brilhante e feliz.
Pesquisa Científica Relacionada

Todo o conteúdo copyright © 2009 Maharishi Vedic Education Development Corporation. Todos os direitos reservados.
Por favor, veja detalhes legais com relação a copyright e proteção de marcas.